Jornalista Paulo Henrique Amorim morre aos 77 anos.

Reprodução/Record
 

Paulo Henrique AmorimImagem: Reprodução/Record

Do UOL, em São Paulo

10/07/2019 08h37

O jornalista Paulo Henrique Amorim morreu nesta madrugada aos 77 anos após sofrer um infarto fulminante. Ele estava em casa, no Rio de Janeiro. A informação foi confirmada pela Record.

Em entrevista para o telejornal SP No Ar, o jornalista Michael Keller, que trabalhou com Amorim por quase 10 anos, lamentou a morte do colega:

"Ele era muito do contraditório. Era contundente nas colocações dele, mas também ouvia quando a gente falava. Já tive discussões com ele. Nessa hora só procuramos exaltar o profissional e a pessoa que ele foi. Mas tive discussões no 'Domingo Espetacular' em situações políticas e profissionais. O Paulo era desse jeito. Ele tinha um ponto de vista e dificilmente conseguia mudar o ponto de vista dele. A discussão era salutar. Era uma pessoa com quem que aprendi muito pelo contraditório".

Amorim deixa uma filha e a mulher, a jornalista Geórgia Pinheiro.

Paulo Henrique Amorim trabalhava na Record TV desde 2003, onde apresentou o Jornal da Record, ajudou a criar o Tudo a Ver e esteve à frente do Domingo Espetacular, até junho deste ano.

Ele estreou no jornal A Noite, em 1961, foi correspondente em Nova York da revista Realidade e foi da Veja. Na TV, passou também por Manchete e Globo, onde teve fases como correspondente internacional, Band e TV Cultur

Informações

Autor: Web Rádios

Data: 10/07/2019 08:54

Acessos: 12 Acessos